Janeiro Branco: Prefeitura de Juazeiro alerta sobre o cuidado com a saúde mental

Início Janeiro Branco: Prefeitura de Juazeiro alerta sobre o cuidado com a saúde mental

Janeiro Branco: Prefeitura de Juazeiro alerta sobre o cuidado com a saúde mental

Secretaria de Saúde

Autor: Comunicação

Janeiro Branco: Prefeitura de Juazeiro alerta sobre o cuidado com a saúde mental

Janeiro é o mês do recomeço e da reflexão, quando boa parte das pessoas está pensando sobre suas relações sociais, sentimentos e planejam o que vão fazer durante o ano que acabou de começar. Por todo este simbolismo, foi criada a campanha Janeiro Branco que tem o objetivo de chamar a atenção para as questões […]

02/01/2023 12h08 Atualizado há 4 semanas atrás

Janeiro é o mês do recomeço e da reflexão, quando boa parte das pessoas está pensando sobre suas relações sociais, sentimentos e planejam o que vão fazer durante o ano que acabou de começar. Por todo este simbolismo, foi criada a campanha Janeiro Branco que tem o objetivo de chamar a atenção para as questões relacionadas à saúde mental e emocional.

De acordo com o Relatório Mundial de Saúde Mental de 2022, divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), houve uma piora dos transtornos mentais em todo o planeta, com aumento superior a 25% dos novos casos de depressão e ansiedade. No ano de 2019, a OMS já estimava que quase 1 bilhão de pessoas viviam com algum transtorno mental.

“É necessário promover diálogos acerca da convivência social, relação com a família, estratégias de autocuidado, além dos tabus e preconceitos que ainda existem sobre o sofrimento psíquico”, disse a enfermeira residente do Programa de Saúde Mental da Univasf vinculada à Secretaria de Saúde do município de Juazeiro, Milena Valynnea.

A enfermeira ainda explicou que, de maneira geral, uma mudança repentina de comportamento, de interação social ou mesmo no modo de manter as atividades de vida diária, podem indicar algum problema relacionado à saúde mental. “É muito importante procurar ajuda profissional. Nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) os médicos generalistas tratam os casos mais leves a moderados. Em se tratando de problemas mais sérios e persistentes, os pacientes serão encaminhados para acompanhamento nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) ou no Ambulatório de Saúde Mental de Juazeiro”, explicou.

Texto: Marcela Cavalcanti – Ascom/Sesau/PMJ


Facebook Instagram Youtube