Prefeitura de Juazeiro realizará programação alusiva à Semana Nacional da Pessoa com Deficiência

Início Prefeitura de Juazeiro realizará programação alusiva à Semana Nacional da Pessoa com Deficiência

Com o intuito de sensibilizar a sociedade sobre a importância da adoção de práticas inclusivas e de respeito às diferenças, e de sensibilização sobre o direito à cidadania e inclusão social, a Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), irá desenvolver uma programação alusiva à Semana Nacional da Pessoa com Deficiência, que este ano aborda o tema “É tempo de transformar conhecimento em ação”. A programação será desenvolvida entre os dias 21 a 28 de agosto e é composta por atividades voltadas para os diversos públicos.

Serão realizados encontros pedagógicos com professores da Rede Municipal que atendem a educação especial, uma mobilização com faixas estendidas para sensibilização de pedestres e condutores, e vivências inclusivas com colaboradores da Seduc. Simultaneamente, as unidades de ensino também desenvolverão atividades virtuais de sensibilização, para estudantes e familiares.

“Realizar essa programação é dar uma importante contribuição para a promoção da responsabilidade social e, consequentemente, do respeito a esse público. Discutir esses temas também no âmbito educacional é formar nas próximas gerações uma consciência de respeito às diferenças e de defesa dos direitos das pessoas com deficiência”, destacou a coordenadora do Napsi da Seduc, Creuza Lima.

Semana Nacional da Pessoa com Deficiência 

Instituída pela Lei Federal Nº 13.585/2017, a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla tem como objetivo, o desenvolvimento de conteúdos para sensibilizacão da sociedade sobre as necessidades específicas de organização social e de políticas públicas desse segmento, a fim de promover a inclusão e combater o preconceito e a discriminação.

Segundo a Apae Brasil, o tema norteador deste ano – “É tempo de transformar conhecimento em ação” – refere-se ao fato de que a legislação brasileira voltada para a garantia dos direitos das pessoas com deficiência, é uma das mais avançadas do mundo, no entanto, na prática, boa parte do que é assegurado pela lei não é acessível a todos.

Texto: Brena Souza – Ascom/Seduc/PMJ

Compartilhar