Educadores da rede municipal de ensino se reúnem para a escolha dos livros didáticos para os próximos anos em Juazeiro

Início Educadores da rede municipal de ensino se reúnem para a escolha dos livros didáticos para os próximos anos em Juazeiro


A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), reuniu na manhã desta quinta-feira (15), no auditório da Seduc, os coordenadores pedagógicos da rede municipal de ensino para a escolha dos novos livros didáticos da Educação Infantil, do 1° ao 5° ano, por meio do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) do MEC, a ser utilizado nos próximos 4 anos, ou seja, de 2023 a 2026, nas diferentes áreas do conhecimento: Língua Portuguesa, Matemática, Arte, Geografia, História, Ciências Naturais e Educação Física. 

A escolha do material integra as etapas do Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD), do Ministério da Educação, que disponibiliza obras didáticas, pedagógicas e literárias, de forma regular e gratuita, às escolas públicas de educação básica das redes federal, estaduais, municipais e distrital.

Durante o encontro, os coordenadores pedagógicos trouxeram sugestões das obras selecionadas pelos docentes e equipe gestora das escolas, e logo após, foi realizada a apuração com as indicações por disciplina.

“Todas as escolas receberam das editoras amostras dos livros para que os professores e equipe pedagógica realizassem a avaliação e análise de cada obra individualmente. Além disso, foi considerado o Projeto Político Pedagógico das escolas, mostrando os critérios de como escolher as obras adequadas para o período quadrienal onde os alunos utilizarão os livros. A participação dos profissionais da educação neste processo foi fundamental para a consolidação da escolha unificada do material didático do ensino municipal”, comentou Olga Ribeiro, diretora de ensino da superintendência de ensino.

Jeane da Costa Chaves, coordenadora da Escola Municipal Centro Social Urbano Américo Tanuri, localizada no bairro Alto do Alencar, contou como se deu o processo de escolha dos livros didáticos. “Durante a primeira semana do mês de setembro, a coordenação, gestão e professores estiveram reunidos para discutir sobre a importância da escolha dos livros didáticos e das características que deveriam ser consideradas a partir de cada componente curricular. Examinamos as particularidades de cada área de conhecimento, de cada componente curricular, contextualização, alinhamento com a BNCC e currículo local, além de observarmos se o material continha atividades de base alfabética e variedade de gêneros textuais. É um momento de grande responsabilidade, pois se trata da definição do nosso material estruturado durante o uso de quatro anos em nossa rede de ensino”, disse. 

Texto: Camila Santana – Ascom/Seduc/PMJ

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube