Reunião de trabalho sobre o Mercado Joca de Oliveira, em Juazeiro, tem a primeira participação da Comissão Especial da Câmara de Vereadores

Início Reunião de trabalho sobre o Mercado Joca de Oliveira, em Juazeiro, tem a primeira participação da Comissão Especial da Câmara de Vereadores


Com o objetivo de encontrar uma solução para o impasse da distribuição de boxes no Mercado Municipal Joca de Souza Oliveira, foi realizada na tarde desta quinta-feira (06), no auditório da Câmara Municipal de Juazeiro, a primeira reunião com a comissão de vereadores criada para acompanhar o processo. É uma nova etapa na tentativa da Autarquia Municipal de Abastecimento (AMA), para encontrar alternativas.

A comissão foi criada, por sugestão do diretor presidente da AMA, Carlos Neiva, durante a sessão especial realizada no último dia 20 de setembro, convocada pelos vereadores  para debater o tema. Como primeiro ato, foram  definidos  os nomes do vereador Nalvinho como presidente da comissão, Alex Tanuri como relator e José Carlos Medeiros como vice-relator. Também participaram do encontro os vereadores Bené Marques, Gleidson Azevedo e  Mundeco.

“Foi uma medida acertada buscar envolver os vereadores nesse processo, para mostrar   ainda mais transparência que esse modelo precisa ter diante da importância que o tema exige. Tenho certeza que, em breve, encontraremos um meio justo e democrático de resolver tudo isso, nós temos pressa, mas precisamos fazer tudo da melhor forma para todos”, declarou Carlos Neiva.

O diretor presidente da AMA, iniciou a reunião atualizando os presentes sobre a questão do número insuficiente de boxes para os cadastrados e ouviu dúvidas  e sugestões dos vereadores e da plateia, onde estavam os integrantes de  comissão dos permissionários.

Como primeiro encaminhamento, o presidente da comissão, vereador Nalvinho, agendou para esta sexta-feira (07), à tarde, uma visita conjunta dos representantes da Câmara, AMA e dos permissionários  ao Mercado Municipal para ter uma melhor compreensão de toda a demanda. “A situação é delicada, nós sabemos, mas com calma a gente resolve, porque é uma questão prioritária”, afirmou Nalvinho.

Texto: Rinaldo Lima – Ascom/AMA/PMJ

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube