Reinauguração do Cerest de Juazeiro dá visibilidade ao trabalho voltado para a saúde do trabalhador de 10 municípios baianos

Início Reinauguração do Cerest de Juazeiro dá visibilidade ao trabalho voltado para a saúde do trabalhador de 10 municípios baianos

Dando maior acessibilidade e visibilidade aos trabalhos, a Prefeitura de Juazeiro reinaugurou nesta quinta-feira (9) o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest). A nova sede fica na Rua Cícero Feitosa, n° 16, bairro Alagadiço, e atende uma preocupação da atual gestão municipal, em fornecer melhores condições de trabalho aos servidores do local.

Segundo o secretário de Saúde de Juazeiro, Fernando Costa, a readequação do local de trabalho do Cerest já era um anseio da prefeita Suzana Ramos, bem como da Secretaria de Saúde. “Este é um local voltado para a saúde do trabalhador e, juntamente com o estado da Bahia, estamos retomando estes cuidados de forma mais adequada”, disse o secretário Fernando.

O Cerest é um local de atendimento especializado em Saúde do Trabalhador e a unidade de Juazeiro atende, além do município, outras nove cidades da região. Segundo a superintendente de Vigilância em Saúde, Caroline Morgado, o antigo local não atendia às demandas de forma adequada. “Antes o Cerest funcionava em uma casa alugada e sem visibilidade. Existiam queixas dos profissionais, o local não tinha muitas condições. A partir destas queixas e angústia, fomos em busca de um local mais acessível ao trabalhador”, destacou Caroline Morgado.

Uma das principais portas de entrada do trabalhador aos serviços do Cerest é a Atenção Básica. “É importante o apoio matricial entre os serviços, fortalecendo esse elo para desenvolvimento das ações do Cerest para o mesmo!”, declarou a diretora da Atenção Básica, Marcela Oliveira.

A reinauguração contou com a presença da diretora de Vigilância de Saúde do Trabalhador do Estado da Bahia, Letícia Nobre que se dispôs a dar o auxílio necessário à equipe do Cerest de Juazeiro. “Juazeiro é um polo muito importante na economia da Bahia e tem muitos trabalhadores no município e na região. O Cerest é um ponto de apoio especial na nossa rede para prestar apoio técnico a vários municípios da região. Então esta equipe tem uma responsabilidade muito grande”, disse Letícia.

1° Seminário Regional “Saúde do Trabalhador, agrotóxicos e políticas públicas”

Como parte das comemorações de reinauguração, foi realizado na tarde desta quinta-feira o 1° Seminário Regional “Saúde do Trabalhador, agrotóxicos e políticas públicas”. O objetivo do evento foi estabelecer um espaço de discussão em torno da temática dos agrotóxicos, impactos socioambientais e direitos humanos. O seminário discutiu os agrotóxicos e a relação com a saúde, envolveu questões jurídicas, as políticas públicas para estas situações e também apresentou alternativas de produção de alimentos sem uso de agrotóxicos.

“O município de Juazeiro tem uma população voltada para o agronegócio e, consequentemente, temos uma grande quantidade de trabalhadores rurais. Isso faz pensar que existe também o uso maciço de agrotóxicos, o que faz com que toda a população em si possa estar vulnerável à intoxicação por eles. Esta contaminação a gente considera uma doença relacionada ao trabalho. Pensando nessa situação, o Cerest promoveu este evento em saúde do trabalhador pensando na população e na demanda que possa vir relativa à intoxicação por agrotóxicos”, explicou a gerente do Cerest, Ana Cleide da Silva Dias.

—-

Texto: Amanda Franco – Ascom/Sesau/PMJ

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube