Profissionais do SAMU de Juazeiro passam por capacitação para atendimento a queimados

Início Profissionais do SAMU de Juazeiro passam por capacitação para atendimento a queimados

Cerca de 30 profissionais de saúde do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Juazeiro participaram, nesta sexta-feira (6), de uma qualificação de ‘atendimento pré-hospitalar ao queimado’.

A abertura da capacitação foi feita pelo Secretário Municipal de Saúde, Fernando Costa, que chamou os profissionais do SAMU de “anjos” que chegam ao local do socorro para oferecer possibilidade de vida a quem está sofrendo.

“Essas formações são importantes para qualquer profissional de saúde. Mas quem está no socorro na rua não tem recursos e precisa oferecer o melhor serviço ao paciente que está sofrendo naquele momento. Quanto mais capacitação, mais conhecimento técnico e mais humanização no atendimento do socorro de urgência”, destacou o secretário Fernando. A ação contou com a presença do secretário de Saúde de Salvador, Leo Prates, que está visitando a região.

(Foto: Luan Medrado/PMJ)

As estudantes de Enfermagem, Ingrid Layane e Elaine Braga, foram convidadas para explicar como o corpo sofre com a queimadura, uma lesão que deve ser avaliada observando doenças pré-existentes no paciente, a exemplo de hipertensão.

O socorrista Flávio Santos explicou aos socorristas, técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos do SAMU o passo a passo do socorro ao queimado, como tratar a ocorrência e o que fazer até chegar ao hospital. “Eu uso a experiência da prática para transformar em simulações realistas para os colegas. Isso ajuda a gente a enfrentar melhor as ocorrências do dia a dia”, ressaltou Flávio.

Sergio dos Santos, socorrista há 9 anos, já viveu muitas experiências de socorro a queimados. “Isso nos capacita cada vez mais e a gente tira dúvidas desse tipo de ocorrência”, concluiu Sérgio.

SAMU 192

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Juazeiro atende, em média, 80 ligações diárias que viram ocorrências. Por mês são atendidas, em média, 2.400 ocorrências, sendo que  5% são vítimas de queimaduras. O SAMU atende pelo número 192.

Texto: Maria Lima – Ascom/Sesau/PMJ

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube