Professores de Juazeiro terão aumento salarial a partir deste mês de março

Início Professores de Juazeiro terão aumento salarial a partir deste mês de março

A Câmara de Vereadores de Juazeiro aprovou, nesta quinta-feira (24), em sessão extraordinária, o Projeto de Lei enviado pelo executivo municipal, que prevê o reajuste salarial de 26,51% para os professores da rede municipal de ensino. A medida entra em vigor a partir deste mês de março.

A secretária de Educação do município, Normeide Almeida, ressaltou que a ação reforça o compromisso da gestão municipal com a educação. “Nós estamos apenas reforçando um trabalho que vem sendo feito desde o início da atual gestão. Ano passado, mesmo sem a obrigatoriedade, nós aplicamos um reajuste de 4,52% para os professores da nossa rede e mais 26,51% agora, um total de 32,2% de incremento na remuneração desses servidores, além de uma série de benefícios que garantimos para a categoria”, declarou a gestora.

Com o reajuste, os professores em início de carreira e carga horária de 20h, que recebiam R$ 1.454,20 de salário-base, em 2020, passarão a receber R$ 1.922,86, já os que têm carga horária de 40h, passam de R$ 2.908,40 para R$ 3.845,73. Os professores veteranos, 20h, que tinham remuneração de R$ 2.377,22, em 2020, receberão R$ 3,143,36, e os efetivos de 40h, passam de 4,754,43, para R$ 6.286,70.

Benefícios para a categoria

Em 2021, a Prefeitura de Juazeiro garantiu uma série de benefícios para os professores da rede municipal de ensino, como o pagamento das licenças-prêmio indenizadas para mais de mil servidores efetivos da educação, indenização de mais 10 dias de férias para os professores que solicitaram, a reforma e manutenção de escolas para possibilitar melhores condições de trabalho e concurso público para professor, com mais de 500 vagas (imediatas e cadastro reserva), entre outras ações.

O município prevê, também, para 2022 as avaliações da categoria, previstas no Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR), mas que não foram realizadas nos anos de 2018 e 2020. A iniciativa pode resultar em um acréscimo de 2,5% a 5% na remuneração dos servidores.

Texto: Eneida Trindade – Ascom/PMJ

Foto: Luan Medrado/PMJ

Compartilhar