Prefeitura de Juazeiro retoma parceria com instituições para fortalecimento do comércio local

Início Prefeitura de Juazeiro retoma parceria com instituições para fortalecimento do comércio local

Prefeitura de Juazeiro retoma parceria com instituições para fortalecimento do comércio local

Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária - ADEAP

Autor: Comunicação

Prefeitura de Juazeiro retoma parceria com instituições para fortalecimento do comércio local

A prefeitura de Juazeiro, através da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (ADEAP), reuniu instituições parceiras da Sala do Empreendedor, ACIAJ, CDL, JUCEB, SEBRAE, com o objetivo de retomar a parceria e discutir questões que possam beneficiar o fortalecimento do comércio local. Com metas já traçadas, a finalidade do encontro possibilitou o alinhamento das […]

04/02/2021 8h43 Atualizado há 2 anos atrás

A prefeitura de Juazeiro, através da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (ADEAP), reuniu instituições parceiras da Sala do Empreendedor, ACIAJ, CDL, JUCEB, SEBRAE, com o objetivo de retomar a parceria e discutir questões que possam beneficiar o fortalecimento do comércio local.

Com metas já traçadas, a finalidade do encontro possibilitou o alinhamento das percepções de projetos já existentes, retomando uma parceria que envolva toda a rede e potencialize os dois lados – o estímulo ao comércio local e sua exponencialização, principalmente quando se fala em agronegócio, que é matriz na nossa economia.

Para o secretário da pasta, Carlos Neiva, o momento não é o de atrair grandes empresas, mas focar no pequeno.

“Cada momento pede um comportamento. A situação da economia atual, não é para atrair grandes empresas, mas fortalecer o que está aqui, o local; o micro, o pequeno, o nano. Tudo o que a gente fizer, vai ser em conjunto”, pontua Neiva.

Outros pontos abordados

Como porta-voz da gestão Suzana Ramos, a ADEAP ouviu os reclames das entidades e ao longo da conversa outros pontos foram abordados, como é o caso da Zona Azul. A necessidade de uma revisão no contrato, bem como a sua justa aplicabilidade foi uma questão amplamente debatida. Falta de segurança no centro comercial, requalificação e padronização das calçadas, avaliação nas bases de cálculos das taxas de IPTU e Alvarás e a valorização do turismo local como fonte para o desenvolvimento econômico, não apenas como cultura, também foram destaque na reunião.

Esperançosos com o acolhimento do novo governo, os parceiros chegam com o papel de olheiros, mas também de apoiadores. A ideia é buscar meios de avançar em processos que beneficiem toda a sociedade.

—-

Texto: Milena Pacheco – Ascom/ADEAP/PMJ


Facebook Instagram Youtube