Prefeitura de Juazeiro realiza o dia D de mobilização para cadastramento na plataforma do Mutirão de Oportunidades do Selo UNICEF

Início Prefeitura de Juazeiro realiza o dia D de mobilização para cadastramento na plataforma do Mutirão de Oportunidades do Selo UNICEF

Como parte das etapas para a aquisição do Selo Unicef 2022, a Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), realizou nesta segunda-feira (21), o dia D do Mutirão de Oportunidades, para cadastramento no programa vinculado à plataforma 1 Milhão de Oportunidades (1MiO), criada pela Unicef. O objetivo é oferecer oportunidades de qualificação profissional nos mais diferentes setores do mercado de trabalho, destinado exclusivamente para adolescentes e jovens com idade entre 14 e 24 anos. A mobilização para realizar o cadastro de adolescentes e jovens na plataforma, segue até 11 de dezembro, período correspondente ao encerramento das inscrições.


Inscrições

Os interessados podem obter informações e se inscreverem através do link: www.1mio.com.br, sendo necessário escolher o tipo de conta (adolescente/jovem, empresa/sociedade civil ou setor público), e em seguida preencher a ficha com nome, e-mail, data de nascimento e senha, confirmar o e-mail e, por fim, incluir os dados pessoais.

Em ritmo acelerado, o dia D reuniu 60 adolescentes e jovens beneficiários do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), na Escola de Formação Continuada de Educadores Parlim (EFEP), localizada na rua Agostinho José, no bairro São Geraldo. A ação está sendo realizada nas escolas da rede municipal, estadual e privada de ensino de Juazeiro, pela Comissão Intersetorial do Selo UNICEF, e prevê uma série de compromissos da gestão municipal, com a ampliação de serviços e projetos para a população jovem.


“Nossa meta é cadastrar 2.000 adolescentes e jovens do município até o final do mês de novembro. Para isso, estamos unindo esforços e buscando todos os meios possíveis para garantir que este público tenha acesso aos inúmeros benefícios que esta iniciativa traz. O 1MiO veio para transformar a nossa realidade e garantir qualificação profissional e oportunidade de emprego decente para essa galera”, declarou Jovenilson Silva, coordenador da Comissão Intersetorial dos Pró-Selos ABRINQ UNICEF.

A aluna da Escola Municipal de Tempo Integral Paulo VI, Jéssica Lorrane Mota Barbosa, falou sobre suas expectativas após realizar o cadastro na plataforma 1MIO. “Eu acho muito importante se inscrever na plataforma 1 Milhão de Oportunidades, exatamente por se tratar de uma oportunidade que oferece muitas chances de entrar no mercado de trabalho, e também por nos ensinar outras habilidades através dos estudos. Eu espero conseguir aprender ainda mais e conquistar minha independência”, comentou Jéssica.

O mutirão

O Mutirão de Oportunidades pode ser descrito como uma competição intermunicipal. Os municípios participantes disputam para ver qual deles disponibiliza mais oportunidades de estágio. Para isso, precisam cadastrar o maior número possível de adolescentes e jovens na plataforma 1MiO, garantindo-lhes a oportunidade de ter acesso a cursos gratuitos e informações sobre vagas de trabalho. O desafio foi iniciado em 26 de setembro e vai até 21 de novembro.

Bolsas

Ao se inscrever, cada município recebe 100 bolsas de estudos que devem ser direcionadas a adolescentes e jovens. Desse total, 50 são para trilha formativa online na área de tecnologia e desenvolvimento; e outras 50 para trilha formativa online na área de empreendedorismo feminino.

As bolsas serão distribuídas entre candidatos selecionados de acordo com uma análise do critério social e de aprendizagem. Para facilitar a conclusão dos cursos, a Prefeitura fornecerá um laboratório de informática com acesso à internet e um tutor presencial de cada área, para que os adolescentes e jovens possam assistir às aulas e tenham um melhor acompanhamento.

A ação com a plataforma 1 Milhão de Oportunidades é liderada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e reúne mais de dois mil parceiros do setor privado, sociedade civil, governos e jovens, todos comprometidos em gerar oportunidades para uma transição positiva da juventude da escola para o trabalho.

Texto: Camila Santana – Ascom/Seduc/PMJ
Fotos: Pedro Angelo – Ascom/PMJ
—-

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube