Prefeitura busca alternativas para permissionários do Mercado Joca de Souza Oliveira

Início Prefeitura busca alternativas para permissionários do Mercado Joca de Souza Oliveira

Prefeitura busca alternativas para permissionários do Mercado Joca de Souza Oliveira

Autor: Comunicação

Prefeitura busca alternativas para permissionários do Mercado Joca de Souza Oliveira

A obra do tradicional Mercado Joca de Souza Oliveira foi o foco principal de uma reunião em Juazeiro, nesta segunda-feira (1º). Na ocasião, o diretor-presidente da Autarquia Municipal de Abastecimento (AMA), Britoaldo Alves Bessa, o superintendente de Feiras e Mercados, Zé Carlos Medeiros e o diretor administrativo da AMA, Alexandro Silva, popular Alex do Joca, […]

03/02/2021 12h37 Atualizado há 2 anos atrás

A obra do tradicional Mercado Joca de Souza Oliveira foi o foco principal de uma reunião em Juazeiro, nesta segunda-feira (1º). Na ocasião, o diretor-presidente da Autarquia Municipal de Abastecimento (AMA), Britoaldo Alves Bessa, o superintendente de Feiras e Mercados, Zé Carlos Medeiros e o diretor administrativo da AMA, Alexandro Silva, popular Alex do Joca, dialogaram com permissionários do mercado, que estão provisoriamente trabalhando em frente ao Estádio Adauto Moraes.

Na oportunidade, a Autarquia municipal de Abastecimento se colocou à disposição dos comerciantes do mercado que devem ainda continuar no local, sem data prevista para receberem de volta o mercado.

O diretor-presidente da AMA, Britoaldo Alves Bessa, informou que não irá se omitir e se colocou à disposição dos comerciantes do mercado para debater e estreitar laços em busca de melhorias para o mercado. E adiantou que essa semana, a AMA irá se reunir com os responsáveis da KR Engenharia, responsável pela reforma do Mercado Joca de Souza Oliveira, oportunidade em que será cobrada uma posição oficial sobre a finalização da obra.

Alternativas

Diante desse quadro, o superintendente Zé Carlos Medeiros discutiu quais seriam as alternativas para os comerciantes – permanecerem no espaço ou serem removidos para outro espaço. Ele propôs que uma das saídas para que Juazeiro recupere um pouco do espaço perdido no segmento de feiras e mercados seria a revitalização total de toda a região do bairro Alto da Maravilha, transformando aquela área no centro comercial de feiras e mercados.

A ideia é levar os vendedores do mercado informal para aquela área, revitalizando e reformado o mercado Arnaldo Viera do Nascimento, investindo na feira coberta.

Além disso, a proposta se estende à revitalização da chamada ‘feira do rolo’ e à transformação da área de feira no Alto da Maravilha em um terminal de transporte alternativo, que contaria com todo o aparato público, sob a gestão da prefeita Suzana Ramos. Para Medeiros, isso daria maior fluidez ao trânsito, aumentaria  a quantidade  vagas de estacionamentos  na região central, fortalecendo o comércio local, e os permissionários ganhariam com o grande fluxo de pessoas.

Decisão dos permissionários

No entanto, a maioria dos permissionários decidiu continuar em frente ao Estádio Adauto Moraes. Ficou acertado que uma comissão dos comerciantes irá apresentar algumas demandas e ideias à direção da AMA, para melhorar o fluxo de clientes na área hoje cercada em frente ao estádio.

A direção da autarquia se dispôs a viabilizar as demandas dos permissionários, mas lembrou que será cobrada a responsabilidade de cada um, incluindo a assinatura do termo de responsabilidade dos comerciantes que ali trabalham.

Britoaldo Alves Bessa e Zé Carlos Medeiros afirmaram que a prefeita Suzana Ramos deseja investir massivamente na recuperação desse segmento em Juazeiro, tirando feiras e mercados do atual quadro de decadência em que se encontram.

Estavam também presentes na reunião José Alves, administrador do Mercado Joca de Souza Oliveira e o vereador Gledson Azevedo.

Texto: Welington Alves – Ascom/AMA/PMJ


Facebook Instagram Youtube