No Dia Mundial de Luta contra a Aids, Secretaria de Saúde de Juazeiro realiza mais de 800 testes rápidos durante ação

Início No Dia Mundial de Luta contra a Aids, Secretaria de Saúde de Juazeiro realiza mais de 800 testes rápidos durante ação

A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Saúde (Sesau), realizou 812 testes rápidos para detecção de HIV, Sífilis e Hepatites B e C nesta quarta-feira (1º) durante a ação em alusão ao Dia de Luta Contra a Aids. O evento foi realizado ao lado do Paço Municipal, no centro da cidade, marcando o início das ações do ‘Dezembro Vermelho’, mês de conscientização e mobilização mundial de luta contra o HIV/Aids.

Durante a ação do ‘Dia D’, foram ofertados serviços como testes rápidos, entrega de preservativos masculinos e femininos, folders informativos e a população também participou do jogo de perguntas e respostas com a ‘mandala de prevenção combinada para o HIV/Aids’. “Este ‘Dia D’ de Luta Contra a Aids chama a atenção das pessoas para os cuidados com as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs. É importante que a população participe, e mesmo depois do Dia D, as pessoas podem procurar pelas Unidades Básicas de Saúde para realizar a testagem de maneira rotineira ou quando tiver algum comportamento de risco que possa levar à doença”, disse o secretário de Saúde, Fernando Costa.

Segundo a gerente do Programa IST/HIV/Aids e Hepatites Virais, Laís Ferrari, é importante que as pessoas busquem a prevenção dessas doenças. “Estamos reforçando, mais uma vez, que é muito importante que a população faça o teste para conseguir detectar o quanto antes o vírus do HIV, e se for confirmado, terá todo o acompanhamento adequado. Essa campanha também serve para a gente relembrar também que é fundamental usar preservativo em qualquer atividade sexual”, pontuou Laís Ferrari.

(Foto: Luan Medrado/PMJ)

Dados

O último boletim epidemiológico sobre HIV/Aids, publicado este ano, mostra que de 2011 a 2020, foram notificados em Juazeiro 218 novos casos de HIV e 380 de Aids. Em 2021, até o mês de novembro, foram confirmados no município 23 casos de HIV e 28 de Aids. Dos 51 casos deste ano, 73% foram de pessoas do sexo masculino.

O vendedor ambulante, José Marcos Ferreira, 29 anos, estava passando pelo centro da cidade quando ficou sabendo da ação e decidiu realizar os testes. “Eu estava passando por aqui e vim aproveitar a oportunidade. É uma ação muito boa, porque conscientiza a população para fazer a testagem”, relatou José Marcos.

A dona de casa, Josefa Nunes, de 43 anos, considerou o evento como um alerta importante para a prevenção da doença. “Achei muito bom, porque nem todos têm tempo de ir até a Unidade Básica de Saúde para fazer o teste. Estava passando pela rua para resolver outras coisas e já vim fazer o teste, que é muito rápido”, concluiu a dona de casa.

A gerente do Programa IST/HIV/Aids e Hepatites Virais reforça ainda que os testes podem ser realizados durante todo o ano no município. “Os testes são realizados em todas as UBS e no CIHDA. Quanto antes for identificado o diagnóstico, mais rápido será iniciado o tratamento adequado, melhorando a qualidade de vida das pessoas”, finalizou Laís Ferrari. O CIHDA fica localizado no Centro de Saúde III, no bairro Angari e funciona das 7h às 13h.

Texto: Aucilania Soares – Ascom/Sesau/PMJ

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube