‘Juá Arborizado’: mais de 100 mudas de árvores nativas são doadas em ação da Prefeitura de Juazeiro durante a Feira do Bode do Junco

Início ‘Juá Arborizado’: mais de 100 mudas de árvores nativas são doadas em ação da Prefeitura de Juazeiro durante a Feira do Bode do Junco

A Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano de Juazeiro (Semaurb) realizou mais uma ação do Projeto ‘Juá Arborizado’. Desta vez no distrito do Junco, interior do município, durante a 4ª edição da Feira do Bode do local, que aconteceu no último fim de semana, promovida pela Prefeitura Municipal, através da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (Adeap).

Durante o evento, a equipe ambiental da Semaurb distribuiu mais de 100 mudas de espécies nativas da caatinga aos participantes. As mudas foram doadas pela empresa Agrovale, que é parceira da Semaurb no projeto Juá Arborizado. Moradores da comunidade e visitantes da feira gostaram da iniciativa. “Achei muito importante essa ação, recebi uma muda, vou plantar e cuidar dela para que ela cresça logo e faça sombra. Se cada um fizer sua parte, o meio ambiente vai saber compensar”, disse o agricultor João da Silva.

A Semaurb realizou ainda o plantio simbólico de algumas mudas no espaço da feira e na área externa da Escola Municipal Manoel Nunes Amorim, uma parceria já consolidada com a Adeap.

“A distribuição e plantio de mudas durante a realização da Feira do Bode foi pensando em levar para os moradores dos distritos os benefícios da arborização. Nas edições da Feira do Bode já realizadas este ano a Semaurb fez o plantio e aqui no Junco não seria diferente. Também beneficiamos a Escola Municipal Manoel Nunes Amorim onde já havíamos promovido algumas ações de Educação Ambiental na semana do meio ambiente, e nesse momento concluímos a solicitação com a arborização do local, a quem agradecemos à direção pelo convite. Nós do setor de Meio Ambiente queremos mais uma vez reafirmar a parceria com a Adeap e aproveitar para agradecer também a comunidade do Junco e dizer que estamos à disposição para futuras ações ambientais”, declarou a bióloga da Semaurb, Emille Souza.

Texto: Edísia Santos – Ascom Semaurb/PMJ

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube