Investimentos realizados na Educação pela gestão Suzana Ramos sobem os índices do Ideb em Juazeiro

Início Investimentos realizados na Educação pela gestão Suzana Ramos sobem os índices do Ideb em Juazeiro


A média dos Anos Finais (6º ao 9º ano) na rede municipal de ensino de Juazeiro aumentou, de acordo com dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2021, principal parâmetro de avaliação do ensino básico. O segmento que em 2019 registrou 4.2 pontos, na mais recente avaliação realizada em 2021 alcançou 4.5, com a aprovação de 95% dos alunos, apesar da pandemia de Covid-19 que impactou diversos segmentos sociais, inclusive o educacional. No período, a Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), desenvolveu diversas estratégias educacionais para apoiar alunos e atenuar os efeitos na educação, instrumentos abraçados pelas equipes gestoras das escolas municipais e professores.

Entre as estratégias adotadas estavam o “Curriculum Continuum”, que trabalhou conjuntamente em 2021 as habilidades e conteúdos que não foram contemplados em 2020; a Plataforma Escola Presente, que se configurou com uma sala de aula virtual, permitindo aos professores a realização de aulas síncronas (em tempo real) e assíncronas (gravadas); a distribuição de blocos de atividades impressas para estudantes sem acesso à internet e outras tecnologias; a realização de formações continuadas para educadores, com foco nas provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), oferecendo mais apoio a aluno e professor; a execução do Programa Busca Ativa Escolar, que a partir da articulação intersetorial permitiu a identificação dos alunos que estavam fora da escola; e a implantação da TV Escola Juazeiro, que ampliou o alcance da educação no período de distanciamento social.

A superintendente de Ensino, Willany Cunha, destacou a importância dos diversos mecanismos desenvolvidos pela Seduc e enfatizou a importância da parceria com os profissionais da educação para o alcance de bons resultados. “O período de pandemia impactou a educação em todo o Brasil e, aqui em Juazeiro, não seria diferente. A Secretaria buscou várias formas de atenuar esses impactos e desenvolveu diversas alternativas e iniciativas para suporte a alunos, professores, gestores escolares e coordenadores pedagógicos.  Percebemos o quão importante foi o empenho de todos os profissionais  envolvidos na educação em tempos de pandemia, aliado a tecnologia para obtenção dos resultados dos Anos Finais em nossa rede municipal, a exemplo da Plataforma Escola Presente, em que os professores ministraram aulas síncronas e assíncronas”,  explicou Willany Cunha.

Nos Anos Iniciais, o município registrou uma taxa de aprovação de 98%, apesar da redução da pontuação para 5,1, que refletiu o contexto da pandemia, além de diversas situações alheias, como por exemplo a ausência do estudante na data de realização da prova, que exige 80% de participação mínima de cada turma para aferição de resultados.

O Ideb

O Ideb é calculado a partir da participação dos alunos e escolas nas provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), instrumento utilizado para avaliar a qualidade da educação brasileira, para a elaboração,  monitoramento e o aprimoramento de políticas educacionais.

Aprovação

O Conselho Nacional de Educação (CNE) orientou as redes de ensino, por meio de parecer, a evitar a reprovação de alunos com frequência assídua no letivo de 2021, por conta da pandemia de Covid-19. Vale destacar, que a participação efetiva do aluno nas atividades da rotina escolar foi critério essencial para aprovação.

—-
Texto: Brena Souza – Ascom/ Seduc/PMJ
Fotos: Luan Medrado – Ascom PMJ

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube