Em ritmo de Copa do Mundo: Verde e amarelo colorem escolas municipais de Juazeiro e educadores reforçam conhecimento com o uso do tema em sala de aula

Início Em ritmo de Copa do Mundo: Verde e amarelo colorem escolas municipais de Juazeiro e educadores reforçam conhecimento com o uso do tema em sala de aula

Em ritmo de Copa do Mundo: Verde e amarelo colorem escolas municipais de Juazeiro e educadores reforçam conhecimento com o uso do tema em sala de aula

Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária - ADEAPAutarquia Municipal de Abastecimento - AMACasa dos ConselhosChefia de GabineteCompanhia de Segurança, Trânsito e Transporte - CSTTInstituto de Previdência de Juazeiro - IPJSecretaria de Administração - SEADSecretaria de Comunicação - SECOMSecretaria de Cultura, Turismo e Esportes - SECULTESecretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e DiversidadeSecretaria de Educação e Juventude - SEDUCSecretaria de Finanças - SEFINSecretaria de Gestão de Pessoas - SEGESPSecretaria de GovernoSecretaria de Meio Ambiente e Ordenamento UrbanoSecretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano - SEDURSecretaria de SaúdeSecretaria de Serviços PúblicosServiço de Água e Saneamento Ambiental - SAAE

Autor: Comunicação

Em ritmo de Copa do Mundo: Verde e amarelo colorem escolas municipais de Juazeiro e educadores reforçam conhecimento com o uso do tema em sala de aula

A Copa do Mundo começou e as escolas municipais de Juazeiro já utilizam a temática para envolver os alunos e aliar o aprendizado à torcida pela seleção brasileira. Verde, amarelo, azul e branco passam a colorir salas de aulas e adereços utilizados pelos estudantes, que participam das atividades empolgados, muitos deles, conhecendo pela primeira vez […]

24/11/2022 12h50 Atualizado há 1 semana atrás

A Copa do Mundo começou e as escolas municipais de Juazeiro já utilizam a temática para envolver os alunos e aliar o aprendizado à torcida pela seleção brasileira. Verde, amarelo, azul e branco passam a colorir salas de aulas e adereços utilizados pelos estudantes, que participam das atividades empolgados, muitos deles, conhecendo pela primeira vez o evento que é destaque mundial.

Na Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Maria Júlia Rodrigues Tanuri, localizada no bairro Dom Thomaz, os professores realizam diversas atividades voltadas para competição saudável, que ensina valores sobre ganhar e perder, por meio da contação de histórias; utilizam a bandeira dos países para o aprendizado das formas geométricas e através dessas e outras atividades, reforçam a torcida pelo Brasil, aprendem coisas novas e desenvolvem habilidades.

Dulceana dos Santos é professora do Infantil 5 na Emei e explicou sobre a importância e o funcionamento do projeto em sua turma. “Estimulamos neles o saber competir, ganhar, perder, que é importantíssimo nessa idade, na qual as crianças têm a questão egocêntrica aguçada, entendem que ‘tudo é meu, tudo é ele’. Tem um campo de experiência da nossa proposta curricular que se chama “O eu, o outro e o nós”, que trabalha justamente isso, o relacionar-se com o perder e o ganhar. Estamos trabalhando também as formas geométricas que tem na bandeira do Brasil e de outros países, cores e palavras, como Brasil e o tema Copa do Mundo”, explicou a professora.

Nas Emeis Maria Suely Medrado de Araújo e Jandira Borges, localizadas no bairro Tabuleiro, as crianças também estão aprendendo sobre a importância da Copa do Mundo para o país. De acordo com a gestora das unidades escolares, Tânia Rosa, através de vídeos, músicas e outras atividades os alunos estão sendo sensibilizados para o momento. “Nossos alunos iniciaram a semana com a utilização da blusa amarela ‘Minha primeira copa’. É um momento de sensibilização, eles conhecem o mascote La’ebb, também trabalham a socialização. Nós também incentivamos o sonho de ver o Brasil hexacampeão e estimulamos a motivação nos alunos para assistirem aos jogos”, contou a gestora.

Na Escola Municipal Professora Leopoldina Leal, no bairro Quidé, os alunos e professores também seguem em ritmo de Copa do Mundo. Durante o período, os estudantes vão à escola vestidos com a bandeira do Brasil e utilizam adereços verdes e amarelos, colorindo o ambiente escolar. Em sala de aula, professores reforçam a torcida trabalhando a temática com os estudantes, dentro dos conteúdos programáticos para cada componente curricular.

Autonomia

Cada escola desenvolve sua forma de trabalhar a temática, alinhadas as definições da proposta curricular do município e o tempo de duração de cada ação com a temática “Copa do Mundo’ também é definido pelas unidades escolares.

Texto: Brena Souza – Ascom/Seduc/PMJ

Fotos – Marcel Cordeiro – Ascom PMJ


Facebook Instagram Youtube