Covid-19: Prefeitura de Juazeiro continua com vacinação itinerante e em livre demanda nesta sexta; confira cronograma

Início Coronavírus Coronavírus – Notícias Covid-19: Prefeitura de Juazeiro continua com vacinação itinerante e em livre demanda nesta sexta; confira cronograma

A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Saúde (Sesau), avança na vacinação contra a Covid-19, com ampliação de pontos de imunização por livre demanda espalhados pelo município e também de modo itinerante. Nesta sexta-feira (17) o carro de vacinação contra a Covid-19 vai circular no Residencial Juazeiro. Confira cronograma completo:

– Na Univasf, ao lado do Paço Municipal e no Juá Garden Shopping haverá primeira dose para pessoas a partir de 12 anos, segunda dose e dose de reforço. O horário é das 10h às 16h.

– Também haverá vacinação itinerante contra a Covid-19 no Residencial Juazeiro para todos os públicos. O horário é das 8h30 às 11h e das 14h às 16h.

– Nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Jardim Flórida, Penha, Mussambê, Dom José Rodrigues, Tabuleiro, Angary, Alagadiço e São Geraldo haverá vacinação com primeira dose para 12 anos ou mais, segunda dose com Pfizer, incluindo para quem tomou a primeira dose com Oxford e que irá finalizar o esquema vacinal com Pfizer (intercambialidade sob orientação da nota técnica da Secretaria de Saúde da Bahia) e dose de reforço. A vacinação ocorre no horário de funcionamento das unidades. Apenas na UBS Alagadiço a vacinação ocorre no período da manhã.

Documentos

É preciso levar RG, CPF ou cartão SUS e comprovante de residência. Em caso de segunda dose e dose de reforço, levar o cartão de vacina também. Os adolescentes precisam estar acompanhados de pais ou responsáveis.

Dose de Reforço (3ª dose)

A dose de reforço é destinada a pessoas, residentes em Juazeiro, com 18 anos ou mais e que tenham intervalo de 5 meses em relação à última dose; profissionais de saúde ativos e lotados em Juazeiro e que tenham intervalo de 5 meses em relação à última dose; e imunossuprimidos que estejam com intervalo de 28 dias em relação à última dose.

O trabalhador de saúde deve levar também o comprovante de vínculo empregatício atualizado (a exemplo do contracheque). Os imunossuprimidos também precisam levar original e cópia do laudo médico (a cópia ficará retida).

São considerados imunossuprimidos as pessoas com doenças reumáticas imunomediadas sistêmicas em atividade e em uso de dose de prednisona equivalente a 10 mg/dia ou recebendo pulsoterapia com corticóide e/ou ciclofosfamida; demais indivíduos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias; pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos 6 meses; neoplasias hematológicas e pacientes renais crônicos.

Texto: Amanda Franco – Ascom/Sesau/PMJ

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube