Com apoio da Prefeitura de Juazeiro, evento sobre capoeira inclusiva será realizado neste final de semana

Início Com apoio da Prefeitura de Juazeiro, evento sobre capoeira inclusiva será realizado neste final de semana

Nos dias 24 e 25 de setembro, Juazeiro irá sediar o “1º Simpósio de capoeira inclusiva e 14º batizado e troca de cordas do grupo internacional”, iniciativa da Associação de  Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae Juazeiro) e Grupo Topázio, e que recebe apoio da Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc). O evento tem o objetivo de fomentar o conhecimento sobre a inclusão de pessoas com deficiência intelectual e múltipla, em diversas atividades sociais, a partir da capoeira e da educação inclusiva.

O evento é aberto à comunidade e para participar é necessário realizar inscrição prévia, através do WhatsApp (74) 98813-0126. Já para participação nas oficinas e palestras, o investimento é de R$40,00, por modalidade. Interessados em participar das duas opções podem realizar o investimento de R$70,00.

O evento conta com uma programação diversificada e no sábado (24) pela manhã, as atividades terão início às 8h, na Faculdade Anhanguera, com as palestras “Capoeira adaptada uma perspectiva de saúde” e “Primeiros Socorros na Capoeira”, além de oficinas sobre primeiros socorros, educação alimentar e nutricional para o esporte, maculelê e berimbau. A partir das 16h, a programação continua na Orla II, com o 2º Aulão e Encontro de Capoeira, para alunos, professores, mestres e convidados.

Já no domingo (25), a programação iniciará às 9h, na Apae Juazeiro, com o 14º batizado e troca de cordas, que contará com apresentações culturais de maculelê, show de capoeira e samba de roda e percussão, além da cerimônia de batizado do Grupo de capoeira Topázio e da Apae.

Organizador do evento, o professor Elton Lustosa destacou os benefícios do esporte para pessoas com deficiência intelectual e múltipla. “Através do esporte, o aluno adquire mais autonomia, passa a superar os seus limites e se sobressai em outras áreas. Além de melhorar o relacionamento social, controlar as emoções, trabalhar a parte psicomotora e cognitiva. Então, através dessas atividades o aluno desenvolve mais ainda a aprendizagem”, explicou Elton.

A diretora de Juventude e Esporte Educacional da Seduc, Carla Luz, ressaltou o apoio do município a iniciativas que promovem a inclusão social e o esporte. “A Prefeitura abraça iniciativas que promovam o respeito, a cidadania e que também respaldam a inclusão social e o esporte como instrumentos de transformação”, enfatizou Carla.

—-
Brena Souza – Ascom/Seduc/PMJ

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube