Cerest inicia treinamento sobre saúde mental e trabalho com servidores do município de Juazeiro

Início Cerest inicia treinamento sobre saúde mental e trabalho com servidores do município de Juazeiro


O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) da Secretaria de Saúde de Juazeiro (Sesau), iniciou nesta quarta-feira (15) uma série de treinamentos sobre saúde mental relacionados ao trabalho. O público-alvo são os servidores de saúde do município. A palestra envolve debates sobre a temática e também momentos de relaxamento e será realizada em três datas para setores distintos.

De acordo com a gerente do Cerest, Ana Cleide Dias, o evento esclarece sobre o transtorno mental relacionado ao trabalho e aponta quais são as estratégias para eliminar ou minimizar o risco de adoecimento. “Porque não adianta apenas apontar quais são os sinais e sintomas, mas também quais são as estratégias para que não venha ter uma doença relacionada ao trabalho”, destacou a gerente do Cerest.

O secretário de Saúde de Juazeiro, Fernando Costa, participou do evento importante para os trabalhadores. “Estamos sensíveis aos nossos trabalhadores e este encontro é importante, justamente, para que eles que muito cuidam do outro, olhem para si, para a sua saúde mental”, disse o secretário de Saúde.

Nesta quarta-feira a palestra “Por que falar em saúde mental e trabalho?” foi direcionada aos gestores da rede de atenção à saúde do município. No dia 22 de junho será para os profissionais dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps). Nos dias 29 de junho e 07 de julho o evento será voltado para os agentes de endemias. “Se o trabalhador acha que pode estar desenvolvendo um transtorno mental relacionado ao trabalho, a porta de entrada é a Unidade Básica de Saúde (UBS), que deve referenciar para outros dois setores: o Caps, que é um serviço com profissionais habilitados de psicólogos, psiquiatras, enfermeiras, entre outros, e o Cerest”, disse Ana Cleide.

Iracelma Ribeiro trabalha no setor de Recursos Humanos da Sesau e, para ela, este evento auxilia nos cuidados não apenas de si, mas também para um olhar diferenciado com o outro. “Eu sei lidar com a minha saúde mental no ambiente de trabalho, mas algumas pessoas não. É importante a gente participar de um evento desse para que quando houver um conflito em uma equipe a gente saber como ajudar o outro e saber lidar com tudo isso”, disse a servidora.

Texto: Amanda Franco – Ascom Sesau PMJ

Compartilhar