#borAgir: Programa da rede municipal de ensino de Juazeiro foi tema de trabalho apresentado no maior congresso de educação do país

Início #borAgir: Programa da rede municipal de ensino de Juazeiro foi tema de trabalho apresentado no maior congresso de educação do país

O Programa #borAgir, iniciativa desenvolvida pela Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), como instrumento para recomposição das aprendizagens, foi tema de trabalho apresentado no 8º Congresso Nacional de Educação (Conedu), considerado o maior congresso do ramo no Brasil, realizado entre os dias 13 a 15 de outubro, na cidade de Maceió (AL). A iniciativa autoral da Seduc foi abordada no trabalho “Escrevivências Alfabetizadoras: reflexões acerca do Projeto #borAgir na Rede Municipal de Ensino de Juazeiro-BA”, de autoria da formadora Geisa Gabrielle Santos. 

O #borAgir é uma ferramenta criada para oferecer às escolas municipais um cenário de recomposição da aprendizagem, de maneira abrangente, capaz de dar possibilidades para a criação de estratégias de adequação do projeto pedagógico escolar e das práticas pedagógicas. O objetivo é sanar os impactos gerados pela pandemia da Covid-19, além de recuperar e potencializar a aprendizagem dos alunos.

O Conedu reuniu graduandos, pós-graduandos, professores de diversas etapas de ensino e pesquisadores da área da Educação de todo o país. O tema desta edição foi “O futuro da escola: repensando políticas e práticas”, que contou com programação entre palestras, mesas-redondas, minicursos, apresentação de experiências docentes e pesquisas concluídas ou em andamento nas categorias de pôster, comunicação oral, com publicação nos Anais do congresso, além de publicações de artigos completos em formato de E-book.

Na ocasião, Geisa Santos, formadora do Ciclo de Alfabetização da rede municipal de ensino em Juazeiro, falou sobre a oportunidade, além de avaliar a gestão municipal de forma positiva. “A oportunidade de participação, promoveu a ampliação dos conhecimentos e representa a valorização do magistério dentro da atual gestão, além de possibilitar através da ampliação dos conhecimentos, o retorno para a própria Rede, na perspectiva da ação-reflexão-ação tão importantes a práxis pedagógica como um todo”, disse a formadora.

Construção do trabalho

Geisa explicou que a construção do trabalho “Escrevivências Alfabetizadoras: reflexões acerca do Projeto #borAgir na Rede Municipal de Ensino de Juazeiro-BA” se deu na Escola Municipal Professora Maria Franca Pires, localizada no João XIII, com estudantes de 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental, durante sua participação na primeira etapa do Projeto de Recomposição das Aprendizagens, através das práticas no âmbito da Alfabetização, do #borAgir, no segundo semestre do ano letivo de 2022. 

O trabalho foi apresentado no Conedu na Categoria de Comunicação Oral, no formato de Relato de Experiência e, em breve, será publicado nos Anais do congresso e disponibilizado na plataforma online da Realize Eventos Científicos e Editora, com acesso livre, como forma de garantir a circularidade e democratização dos trabalhos presentes no evento.

Texto: Camila Santana – Ascom/Seduc/PMJ

Fotos: Arquivo pessoal

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube