Através de serviço humanizado e especializado, quase 37% dos pacientes com ferimentos complexos tratados no Ambulatório de Curativos Especiais da Prefeitura de Juazeiro já receberam alta

Início Através de serviço humanizado e especializado, quase 37% dos pacientes com ferimentos complexos tratados no Ambulatório de Curativos Especiais da Prefeitura de Juazeiro já receberam alta

Através de serviço humanizado e especializado, quase 37% dos pacientes com ferimentos complexos tratados no Ambulatório de Curativos Especiais da Prefeitura de Juazeiro já receberam alta

Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária - ADEAPAutarquia Municipal de Abastecimento - AMACasa dos ConselhosChefia de GabineteCompanhia de Segurança, Trânsito e Transporte - CSTTInstituto de Previdência de Juazeiro - IPJSecretaria de Administração - SEADSecretaria de Comunicação - SECOMSecretaria de Cultura, Turismo e Esportes - SECULTESecretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e DiversidadeSecretaria de Educação e Juventude - SEDUCSecretaria de Finanças - SEFINSecretaria de Gestão de Pessoas - SEGESPSecretaria de GovernoSecretaria de Meio Ambiente e Ordenamento UrbanoSecretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano - SEDURSecretaria de SaúdeSecretaria de Serviços PúblicosServiço de Água e Saneamento Ambiental - SAAE

Autor: Comunicação

Através de serviço humanizado e especializado, quase 37% dos pacientes com ferimentos complexos tratados no Ambulatório de Curativos Especiais da Prefeitura de Juazeiro já receberam alta

Quase 37% dos pacientes cadastrados no Ambulatório de Curativos Especiais, da Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Saúde (Sesau), já receberam alta do tratamento dos ferimentos complexos que vinham recebendo na unidade. O momento da alta no tratamento é muito aguardado por estes pacientes que passam 5, 10 e até 15 anos tratando ferimentos […]

27/06/2022 8h34 Atualizado há 5 meses atrás


Quase 37% dos pacientes cadastrados no Ambulatório de Curativos Especiais, da Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Saúde (Sesau), já receberam alta do tratamento dos ferimentos complexos que vinham recebendo na unidade. O momento da alta no tratamento é muito aguardado por estes pacientes que passam 5, 10 e até 15 anos tratando ferimentos difíceis de serem tratados.

A prefeita Suzana Ramos falou da alegria pela disponibilização do serviço através da Prefeitura de Juazeiro. “É através desse serviço humanizado e especializado que estamos garantindo a saúde dos pacientes, que respondem bem ao tratamento e conseguem rápida recuperação”, pontua a gestora.

O secretário de Saúde de Juazeiro, Fernando Costa, ressalta a importância do Ambulatório de Curativos Especiais. “Este Ambulatório era um sonho antigo da prefeita Suzana Ramos, justamente para atender uma demanda sensível da população do município. É a primeira vez que a população de Juazeiro tem acesso a um serviço público especializado para o tratamento de ferimentos crônicos. Esse é o tratamento humanizado que tanto buscamos oferecer e que é reconhecido, sem dúvidas”, disse.

Tratamento

No Ambulatório de Curativos Especiais da Prefeitura de Juazeiro são tratados ferimentos mais complexos como úlceras de pé diabético, úlceras venosas e arteriais e feridas extensas traumáticas de acidentes, que têm um processo de cicatrização mais lento. “São feridas que não vinham sendo cuidadas adequadamente. O município teve esse ganho com o ambulatório e acolhe estes pacientes, que se sentem seguros e felizes quando recebem esta alta”, destacou a enfermeira especialista em curativos especiais, Tatiana Benevides.

De acordo com a enfermeira especialista em curativos especiais, muitos dos pacientes que encerram o tratamento se emocionam. “Esses dias um senhor de 85 anos chorou quando eu dei a alta. Ele chorou e me abraçou. Isso para mim não tem preço. É extremamente compensatório”, destacou Tatiana Benevides.

Dona Maria Helena da Silva mora no bairro Parque Residencial e faz o tratamento de uma úlcera que tem no pé. A paciente, que é diabética conta que há mais de 12 anos tratava o ferimento. “Ela sara e volta de novo”, disse. No Ambulatório de Curativos Especiais há quatro meses, ela nota uma significativa melhora e já consegue se enxergar de alta do tratamento. “Cheguei aqui ruim da perna hoje está bem melhor. Não achava a solução para esta perna. Eu pensava que iria perdê-la, fiquei com medo. Não vejo a hora de ver a alta. Esse lugar e essa profissional são uma benção”, contou a aposentada.

A procura por este tipo de atendimento especializado tem aumentado. Inicialmente o Ambulatório atendia em torno de seis pacientes por dia. Atualmente são entre 10 e 12 pessoas com ferimentos complexos diariamente.

Fluxo

Os atendimentos no Ambulatório de Curativos Especiais são realizados no período da tarde. O fluxo é de encaminhamento das Unidades Básicas de Saúde (UBS). Após a alta, o paciente é encaminhado novamente para a UBS, ou seja, quando o grau de complexidade não existe mais.


Texto: Amanda Franco – Ascom Sesau PMJ


Facebook Instagram Youtube