Assertividade, desenvolvimento e satisfação marcam uso de materiais didáticos inovadores na rede pública municipal de ensino de Juazeiro

Início Assertividade, desenvolvimento e satisfação marcam uso de materiais didáticos inovadores na rede pública municipal de ensino de Juazeiro

Com o objetivo de criar um material alinhado às especificidades de toda a comunidade escolar, visando melhorar a qualidade da educação pública municipal de acordo com as diretrizes curriculares da Educação, previstos na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), disponibilizou uma série de recursos pedagógicos por meio de materiais didáticos inovadores, que já têm mostrado resultados positivos.

Entre os materiais didáticos inovadores estão os Programas Educacionais “Palavra Cantada”, “Toriba” e “Majog”. O material didático do Palavra Cantada tem como ponto de partida a música e oferece recursos e estratégias educacionais para o desenvolvimento de áreas de conhecimento da BNCC, sendo desenvolvido com alunos da Educação Infantil e Anos Iniciais. O Majog – Matemática com Jogos – tem como proposta auxiliar os professores no ensino da matemática através de jogos, levando os estudantes a atuarem de forma ativa e cooperativa, utilizados nos segmentos Educação Infantil (IV e V) e Anos Iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano). Com a proposta de fazer crianças da Educação Infantil de um a três anos, “colocarem a mão na massa”, o Toriba oferece um processo de ensino e aprendizagem através de atividades executadas por meio de desenhos, pinturas, empilhamento e encaixe de objetos, exposição a texturas e demais atividades sensoriais.

“Essa é mais uma estratégia inovadora da Prefeitura de Juazeiro, que tem como objetivo reforçar o pioneirismo da Educação municipal. O objetivo principal é garantir a aprendizagem das nossas crianças, reforçando o ensino como construção de conhecimento, alcançando desafios e reflexões que permitam aos alunos o exercício do conteúdo escolar. Tudo isso se soma às importantes ações que a prefeitura, sob a responsabilidade da prefeita Suzana Ramos, vem desenvolvendo no setor educacional, com a entrega de quase 40 escolas totalmente reformadas e modernizadas, estabelecendo humanização no ensino de Juazeiro”, destacou a superintendente de Ensino, Willany Cunha.

Estímulo à aprendizagem

A Escola Municipal de Educação Infantil Prefeito Aprígio Duarte, localizada no Residencial Juazeiro I, no bairro Itaberaba, faz uso dos programas educacionais “Palavra Cantada”, “Toriba” e “Majog”. De acordo com a coordenadora da unidade de ensino, Catiane Oliveira, o material didático municipal, atua como estímulo à aprendizagem, expandindo o campo experiencial dos alunos e gerando um progresso expressivo no aprendizado dos alunos.

“O material estruturado do Toriba é um grande avanço para a Educação Infantil de Juazeiro. É um recurso que favorece o protagonismo infantil, valorizando a participação ativa dos estudantes nesse processo que são vistos como agentes do seu próprio desenvolvimento, pois propõe atividades com habilidades que garantem os direitos de aprendizagem, contemplando os campos de experiência e assim, favorecendo uma metodologia contextualizada dentro de uma temática onde o professor utiliza atividades práticas, possibilitando a criança, manipular, experimentar e investigar, consolidando assim, a sua autonomia e o seu desenvolvimento integral”, pontuou Catiane.

“A Palavra Cantada e Majog, são materiais que se integram com diversos conteúdos. Esses programas têm proporcionado tanto às turmas Educação Infantil, quanto de Ensino Fundamental, o favorecimento de momentos lúdicos que garantem o desenvolvimento das crianças, fortalecendo aspectos motores, cognitivos, afetivos e sociais. Outro aspecto positivo é a metodologia de trabalho utilizada, que permite a vivência do conteúdo de maneira espontânea, como uma proposta complementar para enriquecer ainda mais as nossas aulas. É nítido ver o prazer das nossas crianças vivenciando esses materiais, pois elas adoram música e, principalmente, as situações práticas”, complementou a coordenadora.

Texto: Camila Santana – Ascom/Seduc/PMJ

Fotos: PMJ

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube