Abertura do ‘Agosto Dourado’ em Juazeiro foi com orientações sobre amamentação no CRAS do Quidé

Início Abertura do ‘Agosto Dourado’ em Juazeiro foi com orientações sobre amamentação no CRAS do Quidé

A Prefeitura de Juazeiro fez nesta terça-feira (3), a abertura oficial do ‘Agosto Dourado’, mês de incentivo à amamentação, no Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) do bairro Quidé.

Uma sala de espera foi montada pela equipe de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde para receber gestantes e orientar sobre os benefícios da amamentação. “O Agosto Dourado é muito importante para incentivar a amamentação na primeira infância. As nossas Unidades Básicas de Saúde devem incentivar essa prática, mostrando à mãe como se faz uma boa pega (ato do bebê pegar o peito da mãe), a importância para a imunidade da criança, para a alimentação, crescimento e desenvolvimento neuropsicomotor”, ressaltou o secretário de Saúde, Fernando Costa.

Itainã Macedo, de 25 anos, está esperando o terceiro filho e não abre mão de amamentar. Além de reconhecer a importância do aleitamento, ela relata que é emocionante. “Quando a gente amamenta, que o bebê está no colo, aquele olhar dele pra gente é uma sensação inexplicável. Eu recomendo a todas as mães viverem isso, é bom para o bebê e também para nós”, contou emocionada.

(Foto: Marcel Cordeiro/PMJ)

Orientação nas UBS’s

Marcilene Vitória, de 22 anos, está na quarta gestação. Dos três filhos, participou de ações como as desta terça-feira, no CRAS. Para ela, essas palestras informam de forma eficiente sobre a amamentação. “Eu já vi em programas como esse o que a gente precisa fazer para manter a amamentação. Isso é importante para as mães”, relatou.

Programação

Este ano, o tema do Agosto Dourado é “Proteger a amamentação é obrigação de todos”. Ao longo do mês outras palestras de sala de espera das Unidades Básicas de Saúde irão reunir mulheres para conversar sobre a amamentação. “É um alimento gratuito que toda mãe pode oferecer a seu filho e não há alimento melhor para a criança”, concluiu o secretário Fernando Costa.

Texto: Maria Lima – Ascom/Sesau/PMJ

Compartilhar