Secretaria de Educação de Juazeiro realiza ajustes no calendário escolar 2021

Início Secretaria de Educação de Juazeiro realiza ajustes no calendário escolar 2021

Secretaria de Educação de Juazeiro realiza ajustes no calendário escolar 2021

Autor: Comunicação

Secretaria de Educação de Juazeiro realiza ajustes no calendário escolar 2021

A Secretaria de Educação e Juventude (Seduc) de Juazeiro realizou ajustes no calendário escolar 2021.  No dia 8 março terá início o “Módulo Complementar 2020”, para atender a necessidade de compensação de 14 dias que não foram cumpridos pela educação municipal no ano passado, devido à pandemia do novo coronavírus. Com a modificação, o ano […]

15/02/2021 19h32 Atualizado há 2 anos atrás

A Secretaria de Educação e Juventude (Seduc) de Juazeiro realizou ajustes no calendário escolar 2021.  No dia 8 março terá início o “Módulo Complementar 2020”, para atender a necessidade de compensação de 14 dias que não foram cumpridos pela educação municipal no ano passado, devido à pandemia do novo coronavírus. Com a modificação, o ano letivo 2021 inicia no dia 12 de abril e terá carga horária de 800 horas.

O Módulo Complementar será realizado na modalidade não presencial, no período de 8 a 25 de março. Atividades serão impressas e entregues aos pais ou responsáveis nas escolas, e deverão ser devolvidas nas unidades de ensino no dia 26.  No dia 12 de abril inicia o ano letivo 2021 nas modalidades síncrona (aulas virtuais em que há interação entre os participantes de maneira simultânea) e assíncrona (o conteúdo é gravado e disponibilizado em uma plataforma, para acesso do aluno no horário que melhor o convir). As aulas síncronas serão realizadas nos horários habituais das aulas presenciais, para garantir a rotina escolar. 

“A alteração foi realizada para suprir um déficit em relação ao ano letivo 2020. O calendário de 2021 foi contabilizado considerando as medidas legais que garantem a aprendizagem dos alunos”, explicou a secretária de Educação de Juazeiro, Normeide Almeida.  

A Seduc comunicou a decisão à comunidade escolar, através de reuniões com a Associação dos Professores Licenciados do Brasil (APLB), o Conselho Municipal de Educação e os gestores escolares ao longo da semana passada.

Brena Souza – Ascom/Seduc/PMJ


Facebook Instagram Youtube