Prefeitura de Juazeiro e Senai estudam parceria para oportunizar a entrada de estudantes da EJA no mercado de trabalho

Início Prefeitura de Juazeiro e Senai estudam parceria para oportunizar a entrada de estudantes da EJA no mercado de trabalho

A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), segue alinhando parcerias e desenvolvendo ações que visam a inovação no ensino e ampliação do leque de oportunidades para a entrada dos estudantes no mercado de trabalho. Nesta sexta-feira (16), o secretário de Educação e Juventude, Wank Medrado, e a superintendente de Ensino, Willany Cunha, estiveram na sede da unidade integrada do Sistema Fieb – Carlos Gilberto Farias, à convite da instituição, para discutir  propostas para a modalidade de  Educação de Jovens e Adultos (EJA), na rede municipal.

Na ocasião, a comitiva da Seduc acompanhada da gerente da unidade local do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Aline Dias, do agente comercial, Carlos Júnior, e da assistente comercial, Jéssica Nascimento, realizou uma visita guiada às instalações da unidade e também foi apresentada a propostas de cursos profissionalizantes para a EJA.  A ideia é que estudantes matriculados na modalidade possam também participar de cursos profissionalizantes em diversas áreas, ampliando as possibilidades de entrada no mercado de trabalho e incentivando a participação efetiva na EJA. A viabilidade técnica e financeira da proposta será analisada pela equipe da Seduc.

“As parcerias são importantes para o desenvolvimento da inovação na educação, e em especial para EJA, as ações e políticas públicas inovadoras  garantem a permanência desse aluno em sala de aula, e mais que isso, contribuem para seu ingresso no mercado de trabalho e, consequentemente, a mudança de realidade. Iniciativas como essa são  bem-vindas e nós iremos analisar as possibilidades”, destacou o secretário de Educação e Juventude, Wank Medrado.

Já a superintendente Willany Cunha ressaltou a especialidade da EJA e a importância de aderir a iniciativas contextualizadas com cada modalidade. “O público da EJA é diferenciado por apresentar necessidades específicas de jovens e adultos que possuem outras atribuições no dia a dia. A Secretaria sempre busca contextualizar suas ações de acordo com a realidade dos segmentos. Já criamos a EJA EAD e, agora, a EJA Profissionalizante é mais uma alternativa que será estudada pela Seduc”, explicou a superintendente de Ensino.

Gerente da unidade integrada, Aline Dias ressaltou a importância da articulação profissionalizante para EJA no município. “Essa articulação da EJA com a educação profissional é algo que o Senai tem de oportunidade para o município e tenho certeza que iremos conseguir promover uma articulação bacana para desenvolver os nossos munícipes, profissionalizando-os a cada momento para entrar da melhor forma no mercado de trabalho”, concluiu Aline.

Texto: Brena Souza – Ascom/Seduc/PMJ

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube