Prefeitura de Juazeiro desenvolve projeto piloto de sustentabilidade para aplicação na Escola Municipal Paulo VI

Início Prefeitura de Juazeiro desenvolve projeto piloto de sustentabilidade para aplicação na Escola Municipal Paulo VI

Integrantes das Secretarias de Educação e Juventude (Seduc) e Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaurb) de Juazeiro se reuniram nesta sexta-feira (19), para discutir o desenvolvimento do Projeto Piloto Escola Sustentável. A iniciativa visa incluir a sustentabilidade em uma escola do município, por meio de readequações no espaço físico, a fim de criar ambientes agradáveis e fortalecer a consciência ambiental na comunidade escolar. O projeto piloto será executado na Escola Municipal Paulo VI.

Participaram da reunião, a secretária de Educação, Normeide Almeida, a assessora técnica da Seduc, Isabel Cristina, e os educadores ambientais da Semaurb, Ademir Fernandes e Talita Cavalcanti, além da gerente de meio ambiente, Cristina Ramos. Na ocasião, a equipe discutiu a importância de iniciativas sustentáveis nas unidades de ensino, bem como a necessidade de envolver a comunidade na construção e manutenção desses espaços. A equipe de Engenharia e Arquitetura da Seduc em conjunto com a equipe técnica da Semaurb irão desenvolver um projeto arquitetônico sustentável para a Escola Municipal Paulo VI, com previsão de execução a partir do segundo semestre deste ano.

“É muito importante trazer também a Educação Ambiental para o aspecto estrutural das escolas, readequar espaços por meio de iniciativas sustentáveis. A Seduc quer fortalecer a consciência ambiental entre a comunidade escolar, e em parceria com a Semaurb, iremos desenvolver diversas iniciativas importantes nesse sentido” destacou a secretária de Educação de Juazeiro, Normeide Almeida.

Além da readequação das instalações da Escola Paulo VI, o projeto piloto também inclui a criação de um sistema para reaproveitamento da água dos aparelhos de ar condicionado e água da chuva para irrigar os jardins e utilização de energia solar em substituição à energia elétrica, todas iniciativas pautadas na sustentabilidade. “O princípio da sustentabilidade perpassar todas as etapas do projeto e o objetivo é transformar a escola em um ambiente agradável, que desperte nos alunos o desejo de cuidar daquele espaço de convivência. É um projeto inovador para o município e pode transformar a escola em um local de ensino referência para outras cidades do país”, finalizou o educador ambiental da Semaurb, Ademir Fernandes.

Texto: Brena Souza e Edísia Santos – Ascom/PMJ

Compartilhar