Prefeitura de Juazeiro debate novas regras para agilizar processos imobiliários da cidade

Início Prefeitura de Juazeiro debate novas regras para agilizar processos imobiliários da cidade

Prefeitura de Juazeiro debate novas regras para agilizar processos imobiliários da cidade

Autor: Comunicação

Prefeitura de Juazeiro debate novas regras para agilizar processos imobiliários da cidade

A Prefeitura de Juazeiro, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaurb), em parceria com o Cartório do 2º Registro de Imóveis e Associação de Construtores de Juazeiro, criou um grupo de trabalho para discutir melhorias para o ramo da construção civil no município. O objetivo é a padronização dos procedimentos entre […]

15/04/2021 19h05 Atualizado há 2 anos atrás

A Prefeitura de Juazeiro, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaurb), em parceria com o Cartório do 2º Registro de Imóveis e Associação de Construtores de Juazeiro, criou um grupo de trabalho para discutir melhorias para o ramo da construção civil no município. O objetivo é a padronização dos procedimentos entre a Semaurb e cartório para tornar mais rápida a liberação de documentos indispensáveis para quem atua nesse ramo na cidade.

“Estamos informatizando a Semaurb para agilizar o atendimento de diversas demandas e a partir de agora vamos trabalhar de maneira integrada com o Cartório do 2º Registro de Imóveis, para ajustar procedimentos e assim conseguir liberar mais rápido os processos imobiliários”, explicou Rubens Torres, titular da Semaurb.

A padronização dos processos imobiliários também vai facilitar quem precisa da emissão de certidões para imóveis. 

“O objetivo do grupo é dar celeridade aos processos imobiliários, através da implementação de tecnologias, treinamento e produção legislativa, fazendo com o que o documento expedido pela Semaurb chegue regular ao cartório, evitando as notas devolutivas. Para participar desses avanços, fiz questão de que a Associação de Construtores estivesse presente, pois apenas através do diálogo e da escuta dos usuários do serviço é que podemos melhorar. Esse é um passo muito significativo”, destacou Simone Dornelas, oficial do Cartório do 2º Registro de Imóveis. Ela agradeceu ao secretário Rubens Torres e ao vereador Renato Brandão, que também está empenhado na causa e participou da reunião.

A uniformização dos processos para a liberação de construções no município era uma reivindicação antiga da Associação de Construtores de Juazeiro. “A Prefeitura está com a boa intenção de fazer mudanças na legislação, modificações estruturais que vão fazer com que o município de Juazeiro tenha celeridade nos processos habitacionais. E nós da Associação de Construtores estamos agradecidos por termos sido convidados pelo município para participar dessa discussão, colocando nossas ideias e participando da construção dessas mudanças. É muito importante para a gente ter esse diálogo com a prefeitura, com o cartório, para podermos avançar e fazer o município de Juazeiro crescer cada vez mais”, frisou Marcos Andrei Souza Gonçalves, vice-presidente da Associação de Construtores de Juazeiro.

‘Habite-se’

Durante a reunião do grupo de trabalho que aconteceu nesta quarta-feira (14), foi apresentado um termo de cooperação, com algumas novidades para a emissão do ‘Habite-se’, documento que atesta que a residência foi construída de acordo com as normas estabelecidas pela prefeitura e é necessário tanto para novas construções quanto para obras e reformas. Dentre as sugestões apresentadas, o Habite-se para edificações unifamiliar, passará a ser emitido no prazo de 10 dias, após conclusão de 80% (oitenta por cento) do total da obra, mediante assinatura de Termo de Responsabilidade e Compromisso de Conclusão de Obra, a ser disponibilizado pela Prefeitura, após o atendimento de alguns critérios. Outra novidade é que ao solicitar o “Habite-se”, o construtor deverá entregar o Termo de Responsabilidade, assinado pelo responsável técnico da obra, comprometendo-se a concluir o empreendimento no prazo de 45 dias.

Projeto de Lei

Segundo o vereador Renato Brandão, já existe um projeto de lei do Poder Executivo tratando sobre o assunto e o parlamentar municipal pretende incluir uma emenda ao projeto para levar em votação junto à Câmara de Vereadores. “Fiquei muito feliz com o convite para participar da implementação das melhorias nos procedimentos imobiliários do nosso município. Hoje, foi apenas um dos encontros, que já teve como resultado a feitura de um projeto de lei acerca das inovações no ‘Habite-se’, em trabalho conjunto com os setores envolvidos. E os avanços só tendem a aumentar, pois, pela primeira vez, estamos com uma equipe formada por integrante do Legislativo, da Semaurb, do Cartório de Registro de Imóveis e dos Construtores”, destacou o vereador.

Texto: Edísia Santos – Ascom/Semaurb/PMJ


Facebook Instagram Youtube