Pela primeira vez na história, Mercado do Produtor de Juazeiro ganha destaque nacional como o 3° maior em comercialização de hortifrutigranjeiros do Brasil

Início Pela primeira vez na história, Mercado do Produtor de Juazeiro ganha destaque nacional como o 3° maior em comercialização de hortifrutigranjeiros do Brasil

Em pouco mais de um ano da gestão Suzana Ramos, Juazeiro alcança mais um destaque nacional. Pela primeira vez na história, o Mercado do Produtor, sob a responsabilidade da Autarquia Municipal de Abastecimento (AMA), passou a ocupar a 3ª posição como maior entreposto em comercialização e volume do país no ranking de comercialização de hortigranjeiros divulgado nesta quarta-feira (23) pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB). O levantamento tem como base a quantidade anual de 2021, comercializando o volume de 1.427.574.000 (um bilhão, quatrocentos e vinte e sete milhões, quinhentos e setenta e quatro mil) toneladas de frutas e verduras. Um aumento de 18,16% em relação a 2020.

O Mercado Produtor de Juazeiro fica atrás apenas do CEAGESP, de São Paulo, e do Ceasa Minas, de Belo Horizonte. O entreposto de Juazeiro está na frente de Ceasas de grandes capitais, como Rio de Janeiro, Curitiba, Goiânia, Recife, Porto Alegre e Salvador. As informações estão disponíveis no site da Conab (https://www.conab.gov.br/).

Para a prefeita Suzana Ramos, o momento é de comemoração. “Estamos em um momento muito importante na história de Juazeiro, onde o crescimento da cidade e o volume de ações que estamos realizando vem mudando o cenário local e projetando, ainda mais, a nossa cidade para todo o Brasil. Esse é só o começo de muitas realizações que estamos preparando e que contribuirão para alavancar Juazeiro e colocá-la no topo de diversos segmentos”, declarou a gestora.

Movimentação financeira

Em 2021, esse setor da economia movimentou 17.490.997.387 (dezessete milhões, quatrocentos e noventa mil, novecentos e noventa e sete e cinquenta e quatro) toneladas de hortaliças e frutas, representando R$ 47.544.824.413,87 (quarenta e sete bilhões, quinhentos e quarenta e quatro milhões, oitocentos e vinte e quatro mil, quatrocentos e treze reais e oitenta e sete centavos). Somente o Mercado do Produtor de Juazeiro movimentou R$ 3.599.527.440,00 (três bilhões, quinhentos e noventa e nove milhões, quinhentos e vinte e sete mil e quatrocentos e quarenta reais) no ano passado. Um aumento de 24,45% em relação a 2020.

O diretor da Autarquia Municipal de Abastecimento (AMA), responsável pelo Mercado do Produtor, Britoaldo Bessa, ressalta que esse é um novo tempo de trabalho. “A gestão municipal tem confirmado a força do novo tempo de trabalho, mesmo num momento de incertezas provocadas pela pandemia e pela crise econômica. Através de uma gestão qualificada e transparente, o Mercado do Produtor tem mostrado todo o seu potencial e alcançado patamares mais altos, comprovando a responsabilidade que temos com esse setor”, destacou.

Texto: Welington Alves – Ascom/AMA/PMJ

Fotos: PMJ

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube