Organização, segurança, Orla cheia e alegria marcam domingo do Santo Antônio das Tradições

Início Organização, segurança, Orla cheia e alegria marcam domingo do Santo Antônio das Tradições

Organização, segurança, Orla cheia e alegria marcam domingo do Santo Antônio das Tradições

Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária - ADEAPAutarquia Municipal de Abastecimento - AMACasa dos ConselhosChefia de GabineteCompanhia de Segurança, Trânsito e Transporte - CSTTInstituto de Previdência de Juazeiro - IPJSecretaria de Administração - SEADSecretaria de Comunicação - SECOMSecretaria de Cultura, Turismo e Esportes - SECULTESecretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e DiversidadeSecretaria de Educação e Juventude - SEDUCSecretaria de Finanças - SEFINSecretaria de Gestão de Pessoas - SEGESPSecretaria de GovernoSecretaria de Meio Ambiente e Ordenamento UrbanoSecretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano - SEDURSecretaria de SaúdeSecretaria de Serviços PúblicosServiço de Água e Saneamento Ambiental - SAAE

Autor: Comunicação

Organização, segurança, Orla cheia e alegria marcam domingo do Santo Antônio das Tradições

Famílias, alegria, romance e forró. O domingo (12) do Santo Antônio das Tradições resgatou a tradição de levar o povo pra rua, para dançar, se divertir e confraternizar. A festa, que começou mais cedo, às 18h, ficou lotada de crianças brincando e casais dançando. Com uma estrutura organizada, barracas padronizadas, bastante segurança e saúde a […]

13/06/2022 11h35 Atualizado há 6 meses atrás

Famílias, alegria, romance e forró. O domingo (12) do Santo Antônio das Tradições resgatou a tradição de levar o povo pra rua, para dançar, se divertir e confraternizar. A festa, que começou mais cedo, às 18h, ficou lotada de crianças brincando e casais dançando. Com uma estrutura organizada, barracas padronizadas, bastante segurança e saúde a postos, o Santo Antônio das Tradições, promovido pela Prefeitura de Juazeiro, mostrou que os juazeirenses e visitantes anseiavam por um festejo desse.

Flávio Baião, tradicional forrozeiro, deu início à noite, tocando sucessos que iam de Luiz Gonzaga a Petrúcio Amorim. Depois, foi a vez de Silas França. O artista incluiu até mesmo sucessos de Carnaval no repertório, misturando o balanço do axé e a sanfona. O tom de romance ficou por conta da dupla Marcelo e Rayane. Casais aproveitaram o Dia dos Namorados para dançarem agarradinhos e, quem não tinha par, fazia coro das músicas. Sirano e Sirino foram os responsáveis por encerrar a noite.

O vice-prefeito licenciado, Leonardo Bandeira, prestigiou o terceiro dia do Santo Antônio das Tradições e destacou a receptividade da população à festa. “Estava em viagem, por isso, só pude estar aqui nesta terceira noite. Mas acompanhei pelas redes sociais e fiquei muito feliz, muito orgulhoso, as pessoas todas vindo para a festa, curtindo. Parabenizo a sensibilidade da prefeita Suzana Ramos e da Seculte, por terem montado essa belíssima festa e resgatado a tradição dos festejos juninos, que há muito foi esquecido em Juazeiro”, disse.

Estrutura diferenciada

Os barraqueiros elogiaram a estrutura montada pela Prefeitura de Juazeiro e o apoio concedido a eles, comemorando o sucesso das vendas durante estes três dias. O comerciante Ceni Matos, que também colocou uma barraca na festa, comemorou a ideia de trazer o Santo Antônio para a população. “A prefeita Suzana Ramos está de parabéns. O apoio dado a gente, a arrumação das barracas, cada um com seus nomes, organizado. A gente vê que o povo veio mesmo pra festa, tava precisando disso depois da pandemia que passamos. Fico muito feliz pois eu consegui inclusive empregar pessoas, gerar renda. Só tenho elogios”, celebrou Ceni.

Saúde a postos

Em três dias de festa, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) registrou um baixo número de ocorrências, cerca de quatro por dia, com episódios de cefaleia, curativo e consumo de álcool em excesso. Felizmente, nenhuma com gravidade.

Cuidado

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Diversidade (SEDES) montou uma estrutura no Centro de Cultura João Gilberto para receber os filhos dos catadores de materiais recicláveis que estavam trabalhando durante a festa. As crianças tinham disponíveis colchões, material lúdico e pessoas responsáveis para cuidar delas.

Texto: Karem Moraes – Ascom/Seculte/PMJ
Fotos: Samuel Ferreira/PMJ


Facebook Instagram Youtube