Novos semáforos com contagem regressiva começam a ser instalados pela Prefeitura de Juazeiro

Início Novos semáforos com contagem regressiva começam a ser instalados pela Prefeitura de Juazeiro

A Prefeitura de Juazeiro, por meio da Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT), iniciou a instalação de novos semáforos com contadores regressivos em alguns pontos da cidade, fazendo a substituição pelos antigos equipamentos.

Os primeiros pontos que já receberam a instalação nova foram a Avenida Santos Dumont, que dá acesso à Prefeitura Municipal e a Rua Célia de Jesus, que dá acesso ao retorno para a Avenida Raul Alves e acesso à Ponte Presidente Dutra, no centro da cidade.

O diretor-presidente da CSTT, Tenório Filho, pontuou que a instalação dos novos equipamentos traz mais segurança e tranquilidade para os motoristas, uma orientação da prefeita Suzana Ramos. “Os novos semáforos com painéis auxiliam os motoristas e pedestres a acompanharem a quantidade de tempo que o sinal está verde ou vermelho, podendo assim se preparar para cada mudança. Os semáforos proporcionam mais segurança para o trânsito da cidade, por isso, seguindo uma premissa básica da gestão Suzana Ramos, estamos promovendo essas mudanças significativas”, disse Tenório.

Até o momento foram instalados quatro painéis de semáforos com contagem regressiva, mas a previsão é colocar 16 equipamentos em toda a cidade. A CSTT ressalta também que mesmo com a troca do semáforo, que facilitará ainda mais o fluxo de veículos, é necessário que a população esteja sempre atenta no trânsito para evitar possíveis acidentes.

Número exclusivo para acionar manutenção

Juazeiro conta com um número exclusivo para a população informar defeitos nos semáforos instalados na cidade. Através do número (74) 99123-7589, as pessoas podem falar com a empresa responsável pela manutenção, informando o local exato e qual o problema apresentado pelo equipamento. A solicitação deve ser realizada por meio de ligação, de domingo a domingo das 05h às 23h.


Texto: Ascom/PMJ
Fotos: Luan Medrado/PMJ

Compartilhar