Mercado do Produtor de Juazeiro dará início a amplo projeto de saúde única que prevê ações em parceria com Univasf e secretarias municipais

Início Mercado do Produtor de Juazeiro dará início a amplo projeto de saúde única que prevê ações em parceria com Univasf e secretarias municipais

Um novo conceito na área de saúde preventiva deverá entrar em execução no Mercado do Produtor  de Juazeiro nas próximas semanas. Trata-se  da saúde única, que consiste em um conjunto de ações que vão desde medidas educativas, adequações no manejo do lixo, monitoramento e  exames de animais, visando melhorar a questão sanitária na central de abastecimento. Nesse quesito, o Mercado do  Produtor tem passado por melhorias na gestão da prefeita Suzana Ramos.

Um projeto de mestrado na área de medicina veterinária, de autoria do professor Chiarelli Leandro, será a base para a experiência. A saúde única integra as ações preventivas observando cuidados com o meio ambiente,   saúde humana e animal, ou seja, o cuidado com o meio ambiente e com os animais resulta em mais saúde para humanos. ”O que era uma simples ação para a questão dos animais aqui no Mercado do Produtor se transformou em um projeto que, seguramente, vai transformar Juazeiro em uma referência nacional. O conceito de saúde única  é uma novidade, que tanto as universidades quanto as secretarias de saúde começaram a adotar”, declarou Graziela de Souza, gestora do Canil/Gatil Municipal de Juazeiro.

Os detalhes do projeto foram discutidos entre os professores da Univasf, Alexandre Redson,  Chiarelli Leandro e  representantes da Secretaria Municipal da Saúde, como a superintendente de Vigilância em Saúde, Carol Moraes, a gestora do Canil/Gatil Municipal, Graziela de souza e o diretor presidente da AMA, Carlos Neiva. “Essas parcerias facilitam a execução das ações, principalmente na realização de exames, nas cirurgias de castração e no levantamento dos dados”, explicou Chiarelli Leandro.

Para o diretor presidente da AMA, Carlos Neiva, o projeto de saúde única vai além do que inicialmente se discutia. “Eu acredito ser uma ação necessária, que  tem tudo para ser exitosa porque aborda os cuidados com as questões ambientais e de saúde animal e humana de forma integrada. Fico feliz em saber que parte das adequações sugeridas, já haviam sido implementadas, o que mostra que estamos no caminho certo”, afirmou Neiva.

Texto e foto: Rinaldo Lima – Ascom/AMA/PMJ

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube