Juazeiro avança e é a única cidade do Nordeste a ficar entre as dez melhores em negócios no setor Agro, aponta revista Exame

Início Juazeiro avança e é a única cidade do Nordeste a ficar entre as dez melhores em negócios no setor Agro, aponta revista Exame

Juazeiro avança e é a única cidade do Nordeste a ficar entre as dez melhores em negócios no setor Agro, aponta revista Exame

Secretaria de Governo

Autor: Comunicação

Juazeiro avança e é a única cidade do Nordeste a ficar entre as dez melhores em negócios no setor Agro, aponta revista Exame

Juazeiro segue em evidência nacionalmente no Desenvolvimento Econômico, com destaque para a área do Agronegócio. É o que mostra o 9º levantamento anual feito pela consultoria Urban Systems e publicado na Revista Exame, durante o Fórum Infraestrutura, Cidades e Investimentos, que aconteceu na cidade de São Paulo. Após levantamento dos índices, a consultoria classificou Juazeiro […]

14/12/2022 11h54 Atualizado há 2 meses atrás

Juazeiro segue em evidência nacionalmente no Desenvolvimento Econômico, com destaque para a área do Agronegócio. É o que mostra o 9º levantamento anual feito pela consultoria Urban Systems e publicado na Revista Exame, durante o Fórum Infraestrutura, Cidades e Investimentos, que aconteceu na cidade de São Paulo.

Após levantamento dos índices, a consultoria classificou Juazeiro como a 6ª melhor cidade do país – posição superior à de 2021, no eixo econômico do agronegócio, colocando o município como a única do Nordeste entre as dez melhores posicionadas.

Para a prefeita Suzana Ramos, esse é mais um momento de comemoração. “Temos mais um motivo para comemorar o avanço de Juazeiro no cenário nacional. Nossa cidade é destaque na agricultura irrigada, sendo polo do setor agropecuário, com destaque para a fruticultura. Isso mostra que Juazeiro segue no rumo certo, o rumo do desenvolvimento e da prosperidade”, celebra a gestora.

Metodologia

O ranking levou em consideração dados dos mais de 320 municípios brasileiros com população superior a 100 mil habitantes e os setores analisados no período de janeiro a outubro. Foram avaliados também, mais de 60 quesitos e indicadores, somando as seis áreas econômicas referentes à infraestrutura: saneamento, transportes, mobilidade urbana, logística e telecomunicações.

—-

Texto: Milena Pacheco – Ascom PMJ

Foto: Luan Medrado/PMJ


Facebook Instagram Youtube