Feira do Bode de Juremal promove reencontro entre comunidades e protagonismo do homem e da mulher do campo

Início Feira do Bode de Juremal promove reencontro entre comunidades e protagonismo do homem e da mulher do campo

Produtores rurais e empreendedores locais reunidos na 6ª edição da Feira do Bode de Juremal, no interior de Juazeiro, interagiram com grande público neste sábado (14). O momento foi de reencontro entre as comunidades locais e de outros municípios, trocas de experiências, celebração à caprinovinocultura da região e às tradições culturais locais. Além das baias com animais, 30 estandes estiveram disponíveis para visitação, com ampla variedade de alimentos, produtos artesanais e venda de materiais agrícolas.

Em sua fala ao público do evento, a prefeita Suzana Ramos enfatizou sobre a importância dessa festa tradicional para o desenvolvimento rural local. “Ver o entusiasmo do agricultor, melhorando suas condições de produção, faz reforçar o nosso compromisso com o homem e a mulher do campo e a realização da Feira fomenta esse crescimento da nossa agricultura local e regional”, afirmou.

A realização da Feira também tem o reconhecimento dos produtores rurais. Representando o distrito de Abóbora, o produtor de caprinos leiteiros, Francinaldo Honorato da Silva, tem animais premiados nacionalmente, e considera a Feira do Bode importante para a valorização da pecuária local. “Serve para mostrar que na região nós temos animais de genética avançada, animais de ponta”, ressaltou.

De mais longe, Sidney da Silva Viana e a família vieram com animais de Campo Formoso (BA) para expor em Juremal. “É minha primeira vez aqui. A gente vem de uma família que cria raças nativas e hoje estou muito feliz em poder participar da Feira”, disse.

Crescimento do pequeno produtor

Além da exposição e comercialização de animais, a Feira contribui para o crescimento do pequeno produtor com o acesso a conhecimentos produzidos em escolas e universidades, através dos estantes de pesquisa científica montados no espaço do evento. “O papel da universidade é produzir e compartilhar conhecimento e, a partir do momento que a gente traz nosso estudo de uma forma resumida e simplificada, os produtores vão poder acessar essas informações”, explicou Noedson Freitas, estudante de agronomia da Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

Produtora do tradicional doce de leite de Juremal, Osvaldina Chaves ou Dida, como é conhecida, expressou sua felicidade com o retorno da festa, após dois anos sem a realização do evento, devido às restrições da pandemia de Covid-19. “Esse retorno está sendo maravilhoso. Logo, ficamos dois anos parados, sem esses eventos. Isso, pra nós, é uma alegria, uma integração de comunidades, de amigos, somos unidos, graças a Deus”, celebrou a doceira.

Encerrando a programação desta 6ª edição da Feira, neste domingo (16), os produtores e parceiros do evento participaram de um café da manhã, com a presença da prefeita. Logo após, foi realizada a terceira ordenha do torneio leiteiro e a inscrição dos animais para o torneio de pista, seguido do julgamento e entrega da premiação desta competição. O encerramento contará ainda com as atrações musicais de Quél Barreto e Skema 02.


Texto: Patricia Barbosa – Ascom Adeap/PMJ

Fotos: Samuel Ferreira/PMJ

Compartilhar