Em mais uma ação de monitoramento, equipes da Prefeitura de Juazeiro visitam a Ilha do Rodeadouro e reforçam assistência a ribeirinhos

Início Home Em mais uma ação de monitoramento, equipes da Prefeitura de Juazeiro visitam a Ilha do Rodeadouro e reforçam assistência a ribeirinhos

As equipes da Prefeitura de Juazeiro percorreram nesta quinta-feira (20) a Ilha do Rodeadouro, dando continuidade às ações de acompanhamento aos ribeirinhos que residem em áreas que podem ser atingidas pela elevação do nível do Rio São Francisco. Nesta ação, além dos moradores fixos da Ilha, foram cadastrados comerciantes que podem acabar tendo algum prejuízo financeiro com a chegada da água às suas barracas.

Proprietária de uma lanchonete, Antônia Pereira, que trabalha há 25 anos na ilha, tem consciência da importância desta atuação da prefeitura. “É muito importante saber que podemos contar com o auxílio da prefeitura na hora que precisarmos”, pontuou.

O proprietário de uma pousada e morador há doze anos da Ilha do Rodeadouro, Edmar Santana, pontua a importância do abrigo disponibilizado para aqueles que não podem ir para moradia de parentes. “Felizmente tenho familiares a quem posso recorrer caso o nível da água chegue em minha residência, mas para aqueles que não tem, é crucial a existência deste abrigo oferecido pela Prefeitura”, destacou.

Além desse acompanhamento resultante da vazão, o Coordenador da Defesa Civil de Juazeiro, Ramiro Cordeiro, fez um alerta aos ribeirinhos sobre os perigos do contato da energia elétrica das barracas com a água do rio. “Aproveitamos o momento para verificarmos os pontos de energia e percebemos a necessidade de orientar os barraqueiros que desliguem as tomadas, para prevenir que não ocorram curto-circuitos colocando em perigo a vida dos ribeirinhos. Essas visitas são muito importantes para garantir a segurança e o bem-estar de todos que residem na Ilha do Rodeadouro e nas outras ilhas do município”, destacou.

Vazão de Sobradinho

Nesta sexta-feira (21), a Barragem de Sobradinho estará liberando 3.300 m³/s (metros cúbicos de água por segundo) e essa vazão deverá chegar a 4.000 m³/s até o próximo dia 24, segundo comunicado da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf).

Texto: Maria Clara Oliveira – estagiária
Supervisão: Ascom/PMJ
Fotos: Samuel Laudilio/PMJ

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube