Com gestão eficiente e investimentos sólidos na atração de empresas, Juazeiro ocupa posição de destaque na geração de empregos no estado

Início Com gestão eficiente e investimentos sólidos na atração de empresas, Juazeiro ocupa posição de destaque na geração de empregos no estado

Juazeiro hoje vive um novo tempo: de trabalho, saúde de qualidade, infraestrutura em franco desenvolvimento, educação premiada, e o reflexo dessas ações vêm impactando de forma positiva no desenvolvimento econômico da cidade. É o que dizem os dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) no final de agosto, que apontam Juazeiro como a 3ª cidade do estado na geração de novas vagas de emprego, ficando atrás apenas da capital Salvador e Feira de Santana, entre 417 municípios baianos.

Entre os setores de destaque que alavancaram o município da 7ª posição em 2020, quando a cidade apresentou um saldo negativo na geração de novas vagas, para a 3ª posição no acumulado até o momento em 2022, estão os incentivos fiscais dados pela gestão municipal para atrair o aporte de novas empresas; a geração de energia a partir de fontes renováveis e o setor do agronegócio.

“Emprego é o primeiro passo para o exercício pleno da cidadania. É com trabalho que as famílias conseguem renda e meios para lutar para realizar seus sonhos. Temos trabalhado desde os primeiros dias da nossa gestão para construir uma nova Juazeiro, com infraestrutura, saúde, educação, cultura e assistência social dignas do nosso povo. E o resultado é uma economia fortalecida e crescendo de modo consistente”, enfatiza a prefeita Suzana Ramos, acrescentando que “mais emprego é mais renda, o que gera mais consumo e, novamente, mais empregos. Este é o círculo positivo da economia, e graças a Deus e aos esforços da nossa gestão, Juazeiro está voltando a ocupar espaço de destaque no cenário nacional”, completa Suzana.

Criação de Lei

Entre as iniciativas da gestão municipal para atrair o aporte de novas empresas está a criação da Lei N 052/2021 que estabelece incentivos fiscais, tanto para implantação quanto ampliação, de centrais de geração de energia de fontes renováveis, prevendo contrapartida das empresas em benefícios para a comunidade. Foi através dessa iniciativa que o município atraiu a implantação de um Parque fotovoltaico que sozinho gerou quase 3 mil empregos diretos e indiretos.

Texto: Gardennia Garibalde – Ascom/PMJ

Fotos: João Pedro Soares – Marcel Cordeiro – Luan Medrado/PMJ

Compartilhar

Facebook Instagram Youtube